. .  

 

Notícias
Notícias

Líder religioso da Umbanda é acusado de série de crimes sexuais em São Paulo

Líder religioso da Umbanda é acusado de série de crimes sexuais em São Paulo

Um dos principais líderes religiosos da Umbanda no país, o sacerdote Heraldo Lopes Guimarães, 56 anos, foi acusado de uma série de estupros e outros crimes sexuais contra fiéis, em uma denúncia do Ministério Público de São Paulo (MP-SP). A informação foi divulgada pelo jornal Folha de São Paulo, nesta quarta-feira (7).

De acordo com a promotoria, seis vítimas já denunciaram o religioso, conhecido como Pai Guimarães de Ogum. Uma delas é uma moça que tinha 12 anos quando começou a ser abusada por Guimarães. A Justiça analisa a denúncia e o pedido de prisão preventiva feito pelo MP-SP.

Segundo a denúncia, os crimes teriam sido praticados pelo menos entre 2010 e 2019, e na maior parte dos casos ocorrido no templo dirigido por ele no Ipiranga, zona sul da capital paulista. A Promotoria alega que ele usava a condição de líder religioso para exercer domínio psicológico e deixar as vítimas vulneráveis.

O pai de santo, por meio do advogado Marco Antonio de Castro, negou “veementemente todas as acusações” e disse que provará sua inocência no processo. O suspeito aponta a ex-companheira, uma das vítimas, como articuladora das denúncias e alega que a motivação é uma disputa patrimonial.

“Essas pessoas são interligadas. A ex-companheira e as outras pessoas que se dizem supostas vítimas têm uma relação estreita”, disse o advogado. “Nós vamosrequerer as provas, as testemunhas, os laudos, e isso será demonstrado no curso do processo. Ele nega [as acusações], isso jamais ocorreu”, finalizou.

Fonte: https://ajunews.com.br/justica/lider-religioso-da-umbanda-e-acusado-de-serie-de-crimes-sexuais-em-sao-paulo/

Publicidades

.

CLIQUE AQUI E SEJA UM DOS NOSSOS ANUNCIANTES>

 

topo